A Colagem é estudada e praticada há mais de 3.000 anos no Oriente, e os seus benefícios são largamente reconhecidos por quem a ela recorre. Desde 2016 que é popular em Lisboa, com foco no bairro da Graça, através dos Workshops que pratico no atelier PANDO.

Sozinho ou em grupo, a colagem é a prática excelente per si para a redução do stress e ansiedade, desenvolvimento da massa muscular da imaginação, e favorecimento dos alongamentos dos ossos da mão direita, ou esquerda se for canhoto.
Pode ser praticada a qualquer hora, e em qualquer lugar.

 

DESENVOLVE A CONCENTRAÇÃO E REDUZ A ANSIEDADE

Durante as três horas de actividade o participante estará concentrado na sua colagem.
O seu foco será a procura de uma ideia, assim como das imagens para construir a sua composição visual.
Não esquecer que o próprio corte com a tesoura e x-acto exigem concentração.
De salientar, por testemunhos de vários participantes nos workshops, que a concentração acontece naturalmente. Não se pensa em mais nada durante a actividade para além da colagem que se está a criar.

 

A COLAGEM ESTIMULA A CRIATIVIDADE

Um dos maiores desafios da colagem é encontrar as imagens certas para a ideia pré-definida.
E quando não se encontra é necessário criar soluções, ou então adaptar a ideia inicial a um resultado visual diferente.
A solução poderá ser, entre outras, rasgar uma folha e colar atrás do retrato; acentuar e melhorar o contraste das cores ou, outro exemplo, procurar e cortar olhos maiores. E o que acontece se não encontramos olhos suficientemente grandes para o efeito pretendido? Podemos sempre criar a ilusão de grandeza colando várias camadas de papel por baixo dos olhos.
A colagem é um mundo infinito de possibilidades.

 

MELHORA AS FUNÇÕES CEREBRAIS COMO O RACIOCÍNIO

Ao existir um deadline – 3 horas, é necessário activar o raciocínio, e juntamente com a criatividade, pensar numa solução eficaz para a composição.

 

MELHORA AS FUNÇÕES CEREBRAIS COMO A MEMÓRIA

Nos meus workshops, o participante apenas inicia o processo de colar quando termina o trabalho; e para desfazer as camadas e voltar a colar é preciso trabalhar com a memória visual (ou ter um telemóvel com câmara).

 

PRÁTICA DO DESAPEGO

Raros os casos em que o primeiro arranjo gráfico mantém-se até ao fim. A colagem é trabalhada e transformada até ao último pingo da cola.

 

PROMOVE A AUTO-ESTIMA

Podem visitar o workshop nos 5 minutos finais e observarem as expressões faciais de quem olha orgulhoso para a sua primeira colagem.

 

NOÇÃO DE QUE NEM TUDO O QUE PARECE FÁCIL É VERDADEIRAMENTE FÁCIL

“Meu deus, mas afinal isto não é só cortar!”
Pois não meus filhos.
Fast-Collages nem no McDonald’s!

 


INSCREVE-TE JÁ NO WORKSHOP DE COLAGEM PARA INICIADOS

ORGANIZA O TEU GRUPO DE AMIGOS E VEM AO WORKSHOP PARA GRUPOS